top of page
Buscar
  • Foto do escritorEquipe ENE

A dívida escraviza


Quantas pessoas estão doentes por acharem que tem que TER isso ou aquilo para serem aceitas?


Quando vivemos uma vida simples sem muita extravagância, somos mais livres do que quando vivemos para ter cada vez mais, para mostrar cada vez mais que podemos ter cada vez mais.


Ficamos presos nisso e qualquer ameaça externa que possa por tudo a perder nos deixa em pânico. O resultado é que dependemos do dinheiro, ele nos escravizou e só somos felizes com ele. Não conhecemos a PAZ.


E de que adianta ter de “tudo” e não ter paz? PAZ É O BEM MAIS VALIOSO de uma pessoa, família, nação e planeta. Mas começa individualmente. Enquanto os vícios, as ilusões e a “mente milionária” for mais importante do que ter paz, haverá essa distorção e sofrimento!

Ninguém está dizendo que não se pode ter tudo, ou que não podemos ser milionários. Podemos sim e conseguimos. Mas não se colocando em riscos desnecessários.


No mundo nada está estável e precisamos trabalhar pensando nisso sempre. Nas fases boas jamais gastar tudo sem pensar em fases não tão boas porque elas não necessariamente virão, mas pode ser que aconteçam! Nas fases não tão boas manter o otimismo, trabalhando, estudando e ajudando sem reclamar.


“O Buda quer ficar rico?”.

Quando o prof. diz essa frase ele quer dizer que o ser que virou um Buda pode estar rico que está felizão e se não está, também está felizão. Compreendem?


Ser simples e cultivar a harmonia nas relações, deve ser o lema do NOVO HUMANO DA TERRA.

Com amor, Pat Poll Equipe Hélio Couto

REPROGRAME-SE COM A REPRÔ

6 SEMANAS PARA SE REPROGRAMAR

Sempre curiosa e questionadora, Pat via-se constantemente em conflito existencial. Entre altos e baixos da sua vida, desde os 15 anos de idade já sentia certa tristeza em sua interação com o mundo. Aos 26 anos teve o quadro de depressão diagnosticado e a partir daí começou um lindo porém nada fácil processo de transformação. Ao longo de sua jornada compreendeu que precisava reprogramar seus velhos padrões e partir para ação. Aprofundou-se nos estudos e na espiritualidade, dedicou-se ao trabalho, expandiu a consciência e promoveu em si as mudanças de que tanto precisava. Reprô é como a Pat, com seu jeito alegre e carinhoso, se refere à reprogramação. Neste livro ela compartilha conhecimentos e ferramentas utilizados por ela e que foram essenciais na sua experiência. De forma didática nos instiga a promover mudanças nos padrões mentais, interromper ciclos de repetição e criar uma nova realidade. Como ela diz: “Podemos reiniciar nosso computador interno e dar um salto”. Um livro que nos ensina que é possível mudar colocando em prática o conhecimento de forma leve e prazerosa. Vivemos de acordo com padrões que vão se formando e nem percebemos o quanto estamos condicionados a pensar, sentir e agir sempre da mesma forma diante das situações. Reprô traz conhecimento e ferramentas para serem usados no dia a dia e nos mostra através de atitudes simples porém desafiadoras como romper com esses padrões e reprogramar. São seis semanas que ensinam a sair da zona de conforto, reconhecer as maiores riquezas da vida, ressignificar memórias, quebrar velhas crenças e contar a própria história com orgulho e gratidão. Planejar o futuro. Perdoar e libertar-se de traumas do passado. Seis semanas para incorporar novos hábitos e expandir a consciência. Em Reprô, Pat compartilha suas experiências e nos mostra que é possível mudar, desde que haja desejo verdadeiro, e nos ensina caminhos para a ação.

Pat Poll nasceu em São Paulo, onde viveu a infância e parte da adolescência. Aos 8 anos vivenciou a síndrome do pânico de sua mãe. Desde 15 anos identificava a tristeza como um sentimento frequente. Aos 24 anos mudou-se para Austrália, onde viveu durante um ano e meio. Nesse período os sentimentos se intensificaram e quando retornou ao Brasil obteve o diagnóstico de depressão. Mais tarde mudou-se para Ilhabela (SP), onde ficou por seis anos. Lá iniciou seu processo de despertar, aprofundando-se em estudos sobre Mecânica Quântica e Espiritualidade. Estudiosa, curiosa, questionadora por natureza, transformou seus desafios em oportunidades. Pat é comunicadora, CEO da agência de Marketing Digital P@t Estúdio e hipnoterapeuta. Tem a arte no sangue e a natureza na alma. Devido ao seu amor verdadeiro pelo meio ambiente, é ativista de causas ambientais.

Nossas conversas para arrecadar ajuda aos cuidadores de animais.


Nosso projetinho de arrecadação de dimdim para ajudar os cuidadores de animais está dando super certo, graças a vocês que estão nos ajudando. Nós SOMOS MUITO GRATOS! DEUS ABENÇOE.


Nesse vídeo refletimos muito. Espero que gostem.



Gratidão Pat e Caike


Posts recentes

Ver tudo
bottom of page