top of page
Buscar
  • Foto do escritorEquipe ENE

Que sejamos a harmonia, a alegria, o equilíbrio e a paz.


Iluminação espiritual é o que nos faz retirar os véus e desanuviar a consciência encoberta pelo ego. Um caminho que nos leva ao despertar para a plenitude e paz interior.


A partir do desejo verdadeiro nos embrenhamos no conhecimento (e autoconhecimento), e como se abríssemos portas, janelas, ou até mesmo frestas, aos poucos podemos perceber a luz que penetra.


Mas, o ego está lá, obscurecendo e encobrindo e vemos que ainda temos muita consciência para iluminar até chegarmos ao estado de “ser desperto”.


O ego deseja coisas para atender supostas necessidade e justifica de forma equivocada, como: sobrevivência, segurança, tranquilidade, conforto, bem estar, entre outras justificativas, as quais, se atendidas, proporcionariam harmonia, alegria, equilíbrio, paz. No entanto, o ego só consegue vivenciar esses sentimentos de forma transitória, limitada e dependente ou condicionada. Sentimentos que, se apoiados apenas no ego, são relativos e efêmeros; vêm e vão.


Assim seguimos desejando mais e mais; sem muitas vezes nos satisfazer de forma proporcional às nossa realizações.


É preciso dar luz à consciência para que possamos nos reconhecer além do ego e seus desejos.


Precisamos de luz para reconhecer que somos potencialmente capazes de experienciar e expressar a harmonia, alegria, equilíbrio e a paz de forma essencial e incondicional, como elementos que se expressam de dentro para fora; como atributos do ser; do ser harmonioso, alegre, equilibrado, pacífico. E como parte essencial do “ser desperto” não são relativos ou condicionados a nada, mas sim, são absolutos.


Então, não deveríamos desejar coisas e mais coisas para atender necessidades que se atendidas irão proporcionar estados efêmeros. Devemos desejar o que é absoluto.


Devemos desejar, não a harmonia, mas sermos harmoniosos; não a alegria, mas sermos alegres; não o equilíbrio, mas sermos equilibrados, comedidos, autocontrolados.


Antes de desejarmos a paz, devemos querer, de todo nosso coração, sermos pacíficos.

Devemos desejar despertar.


Deixemos a luz entrar, pelas portas, janelas ou frestas da alma. Estejamos dispostos a iluminar os espaços obscurecidos pelo ego e não precisaremos mais desejar ter aquilo podemos ser.


Que sejamos a harmonia, a alegria, o equilíbrio e a paz.


Com amor,

Valéria Campos

________________


A reprogramação CRIANÇA INTERIOR é uma prática que lhe auxiliará no reconhecimento da criança que ainda habita em você, sua criança interior e que precisa ser resgatada, acolhida, abençoada e amada.

Uma prática essencial para ressignificar, harmonizar o passado e fortalecer o adulto que vive AGORA.

Essa reprogramação também é parte do nosso programa “DESAFIO CRENÇAS”.


Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page